Ministro Jader Filho: “Rumo à descarbonização da frota”

Publicado em 14 de junho de 2024

Com o anúncio no mês passado da 1ª seleção do Ministério das Cidades no âmbito do Novo PAC, inauguramos um novo momento da mobilidade urbana sustentável no país. Essa é a primeira vez que o PAC apoiará, de maneira massiva e estruturada, estados e municípios na renovação de frota de ônibus.

São R$ 10,6 bilhões, de recursos reembolsáveis oriundos do FGTS e Fundo Clima, destinados à renovação da frota, contemplando aquisição de ônibus e equipamentos para operação no transporte público sobre pneus, trilhos e aquaviário. Esta seleção trouxe uma grande oportunidade de conhecer com clareza a demanda do Brasil por ônibus elétricos e por ônibus Euro 6, muito mais eficientes e menos poluentes que a grande maioria dos veículos que rodam no país.

CONTEÚDOS RELACIONADOS: 

Caixa pode ampliar compra de imóveis, afirma Jader FilhoHelder, Lula e Jader Filho anunciam obra do Ver-o-Peso

Das 95 propostas submetidas, totalizando quase R$ 15 bilhões em recursos de financiamento pleiteados, selecionamos 77 propostas. São 61 prefeituras e 7 governos estaduais contemplados, no total de 20 estados que receberão 5.311 ônibus novos, sendo quase a metade deles de ônibus elétricos (2.529 ônibus elétricos).

Essa é mais uma importante medida de comprometimento do governo federal com a agenda climática, mas também com a melhoria das condições de vida de brasileiras e brasileiros que, somados, realizam cerca de 34 milhões de viagens em transporte público coletivo urbano diariamente.

Quer mais notícias do Pará? Acesse nosso canal no WhatsApp

Em termos de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) no país, se considerarmos somente as atividades urbanas, o setor de transporte responde por cerca de 30% das emissões. O dado varia entre as cidades brasileiras, sendo que cerca de 62% das emissões de GEE em São Paulo (2018) são oriundas do setor, 57% em Belo Horizonte (2021) e 35% no Rio de Janeiro (2019). 

O Brasil, que atualmente ocupa o 4º lugar no ranking de cidades da América Latina em quantidade de ônibus elétricos em circulação, possui posição privilegiada para a transição da frota para a eletromobilidade, pois reúne três requisitos fundamentais: matriz energética limpa para abastecer os veículos, a 3ª maior frota de ônibus do mundo, com mais de 100 mil ônibus, e mercado produtor de ônibus com grande expertise. E somente com essa seleção do Novo PAC, iremos ampliar em mais de 5 vezes o total de ônibus elétricos em circulação no país!



Além da frota elétrica, a fumaça preta que antes saía do escapamento de ônibus antigos, hoje não ocorre nos novos ônibus Euro 6. Isso se deu graças aos avanços na implementação do Proconve. A partir de janeiro de 2023 todos os ônibus e caminhões produzidos no Brasil devem seguir a norma P8 ou Euro 6.

Estamos fazendo história anunciando o maior lote de financiamento para compra de ônibus elétricos e menos poluentes já anunciado. Em breve anunciaremos R$ 14,5 bi de investimentos em empreendimentos de infraestrutura de mobilidade em médias e grandes cidades. É um novo passo para a mobilidade urbana sustentável e estou orgulhoso de fazer parte desse avanço e integrar um governo que tem preservação ambiental uma de suas mais importantes bandeiras. 


Faixa atual

Título

Artista

AO VIVO!

Bom Dia Alegria

08:00 11:00

AO VIVO!

Bom Dia Alegria

08:00 11:00